Tendências de empresas do futuro

Empresas do futuro

A sustentabilidade tem sido pauta constante no dia a dia da maioria das empresas.

E muitos acreditam que esse assunto é uma tendência, mas nós estamos aqui para te falar que não, a sustentabilidade não é só uma tendência.

Mas, precisamos entender que tendência é tudo aquilo que leva alguém a seguir um determinado caminho, ou agir de certa forma.

E isso significa que pode não ser permanente, e realmente não podemos afirmar que empresas sustentáveis são permanentes.

Porém, muitos dados e pesquisas estão nos levando a acreditar que só teremos um futuro, se mudarmos nossas atitudes agora, tanto indivíduo quanto empresa.

Nesse artigo, você vai entender quais são as próximas tendências de empresas do futuro, mas antes, precisamos entender como a sustentabilidade funciona de fato.

Desenvolvimento sustentável e consumo consciente

Para que as empresas prosperem a longo prazo, é preciso ter um propósito e não somente visar os lucros.

E é aí que o desenvolvimento sustentável entra, fazendo com que tudo o que é realizado dentro de uma empresa, faça sentido e funcione.

Essa é uma nova maneira de fazer com que a economia se desenvolva e crie conexões com a sociedade, gerando o consumo consciente.

Assim, como uma cadeia, o consumo consciente não é somente sobre consumir menos, mas também saber como é produzido e por quem, e assim aquecer a economia local.

E isso tudo gira em torno da sustentabilidade, um desenvolvimento saudável de empresas do futuro, baseado em um propósito de valor, voltado para que indivíduos consumam de forma consciente.

O que as empresas do futuro precisam

Em 2013, o Sebrae por meio do Centro Sebrae de Sustentabilidade, lançou um documento chamado de Tendências de Sustentabilidade para os pequenos negócios.

Esse documento apresentava cerca de 12 movimentos do mercado, que mereciam uma atenção especial por parte das empresas já estabelecidas e por quem estava começando a empreender. 

Empresas e questões socioambientais: como se adaptar?

Então, após 4 anos, e com base nos achados e inputs das pesquisas e fontes especializadas, foram realizadas algumas atualizações.

E todo o conteúdo foi sintetizado em seis tendências que falam sobre oportunidades para empreender ou potencializar seus negócios no mercado. São eles:

Empreendedorismo com propósito
Diversidade com vantagem competitiva
Inovação e tecnologia em negócios mais sustentáveis
Economia colaborativa como fonte de crescimento
Economia circular como oportunidade de negócios
Cidades sustentáveis, ambientes para o empreendedorismo

Empreendedorismo com propósito

Como mencionado anteriormente, para que as empresas prosperem a longo prazo, é preciso ter um propósito e não somente visar os lucros.

Hoje em dia, desenvolver um negócio tem sido não só uma alternativa para realização de um propósito pessoal ou a solução de preocupações relacionadas a desafios socioambientais.

Tem sido também, uma saída para quem queira criar um negócio conduzido sob valores e crenças pessoais.

Diversidade com vantagem competitiva

Negros, mulheres, pessoas com deficiência, LGBTs e outros, que a muito tempo não foram percebidos como consumidores em potencial, podem ver hoje, seus interesses contemplados e diversas marcas e linhas de produtos.

E principalmente, elas mesmas vem buscando satisfazer suas necessidades e demandas através do empreendedorismo como forma de expressão na sociedade.

Além disso, a geração de renda com maior possibilidade de crescimento, mesmo que ainda enfrentem sérias restrições para ingressar e se desenvolver no mercado.

Inovação e tecnologia em favor de negócios mais sustentáveis

A escassez de recursos naturais noticiada por diversos canais de comunicação, além de pesquisas e estudos realizados por cientistas já está acontecendo.

E diante disso, a inovação tem se tornado uma peça-chave para o desenvolvimento de produtos e serviços, gerando menos impacto ao meio ambiente.

Apesar de ser um desafio complexo para grandes empresas, é algo que pode ser implementado e estruturado, além de ser ideal para os novos negócios.

Economia colaborativa como fonte de crescimento

 A colaboração é a chave para elevar negócios ao sucesso. 

Isso porque, em um mundo cada vez mais conectado, com pessoas atentas ao que acontece no mundo em tempo real, existe a vontade de criar novas soluções e ideias, contribuindo com a sociedade.

E além disso, empresas precisam se reinventar e se adequar a esse novo cenário de troca e empatia.

Economia circular como oportunidade de negócios

A sociedade tem consumido de forma exagerada e desenfreada, descartando produtos em larga escala, e o meio ambiente tem mostrado que isso é errado.

Todavia, o queremos dizer, é que o planeta tem dado sinais de que, caso o consumo continue assim, os recursos naturais não mais existirão em alguns anos.

É preciso repensar em modelos de negócios sustentáveis e adotar hábitos mais saudáveis, relacionados à economia circular.

Economia Circular: princípios e benefícios

Impactos causados pelo descarte de resíduos e o meio ambiente

Cidades sustentáveis, ambientes para o empreendedorismo

Questões socioambientais têm sido um desafio nos centro urbanos, mas não impossíveis.

Com a manutenção da qualidade do ar e garantia dos direitos dos cidadãos, além de envolver governo e sociedade, envolve, claro, as empresas.

Por isso, oferecer produtos e serviços específicos para a realidade local é uma forma sustentável de favorecer a economia.

Para conferir o documento completo contendo informações sobre empresas sustentáveis, exemplos de cada tendência, clique AQUI

Onde a logística reversa de embalagens se enquadra nessas tendências?

Empresas do futuro buscam soluções sustentáveis e que estejam alinhadas as leis ambientais.

Como uma proposta da economia circular, a logística reversa rompe o conceito linear de extrair, produzir, consumir e descartar.

Esse modelo logístico trás inúmeras oportunidades em diferentes nichos de mercado, solução ideal para o descarte consciente de resíduos.

Além disso, a gestão de resíduos é regida pela Lei  12.305 de 2010, na qual está prevista a PNRS, Política Nacional dos Resíduos Sólidos. 

Benefícios da logística reversa para as empresas do futuro

Além de evitar multas e ter sua empresa alinhada as leis ambientais sobre logística reversa, ainda é possível reduzir custos para fabricação e importação de produtos.

Aumenta a oportunidade de negócios a partir da economia compartilhada, já que existe a troca de experiência entre empresas.

São conexões necessárias para fomentar a economia circular da logística reversa.

Além disso, agrega valor para os consumidores verdes, que escolhem cada vez mais negócios sustentáveis para consumo de produtos e serviços.

O que é a logística reversa de embalagens e como isso pode contribuir para as empresas

Como seguir essas tendências

Colocar em prática todas essas informações e conceitos dentro do seu negócio pode parecer impossível.

Mas não é, e você pode começar agora mesmo. O Sebrae ainda deu dicas sobre como trilhar o caminho da sustentabilidade: 

  • Analise como as empresas representadas nos cases implantaram a tendência no negócio. Quais foram os benefícios? A tendência surgiu de uma necessidade? Quais foram os desafios para implantação da tendência?
  • Observe se o seu público-alvo será impactado por alguma das tendências e como esse impacto será refletido no desejo de consumo. Isso impactará o formato dos serviços e produtos oferecidos no negócio?
  • Caso você tenha observado que a tendência será positiva para a sua marca e clientes, pense em como você ofertará isso. Envolverá alteração no seu quadro de fornecedores? Você precisará capacitar a equipe em algum aspecto? Será a curto, médio ou longo prazo?

Quer receber mais conteúdos sobre desenvolvimento sustentável nas empresas do futuro e economia circular? Baixe nosso Guia de Responsabilidades AQUI ou acesse outros artigos do nosso blog

Assine nossa newsletter e receba novidades da ILOG

Solicite um Orçamento

Obrigado por assinar nossa newsletter!